26/08/07


Hoje a noite corre devagar, sem sobressalto, mais uma noite de Agosto, uma qualquer outra noite, onde partir também significa chegar.
Faleceu o Eduardo Prado Coelho.
Multiplicam-se as noticias sobre a falta que vai fazer, o homem de Cultura, que foi um excelente Embaixador da Literatura Portuguesa.
É sempre de aplaudir homens, que têm a versatilidade e coragem, de questionar tanto a cultura, como a não cultura, as ideias o pensamento a politica.
É sempre de aplaudir, seres humanos que dão a cara por um País, através das palavras.
Além de ler as suas crónicas, de ouvir falar dele através de Amigos, encontrava-o várias vezes tanto no CCB como em Seteais no Festival de Ballet , quase todos os sábados de Agosto.

E ... Hoje é Sábado e é Agosto.